Americano vem ao Brasil para manter relações com criança e é detido no Rio de Janeiro.

Um caso gerou revolta nos policiais civis do Rio de Janeiro, eles chegaram a prender em flagrante, Jason Roy Hutchinson um americano de 47 anos de idade no começo da semana. Jason está sendo acusado de abusar sexualmente de uma jovem de 14 anos com consentimento da família da garota. Jason Roy Hutchinson chegou a arcar com todas as despesas da jovem junto de sua mãe e seu irmão mais novo, os 3 ficaram em um luxuoso hotel em Copacabana.
Até o momento a polícia desconfia que a adolescente seja submetida a prostituição pela próprios familiares no intuito de ganhar um bom dinheiro. De acordo com Felipe Santoro, o delegado que está a frente do caso, Jason Roy Hutchinson chegou a alugar o quarto ao lado do da família para não levantar suspeitas.
A família da vítima mora em São Paulo e todos os custos da viagem foram pagos por Jason. “Diante de todas as provas colhidas, acreditamos que a vítima vinha sendo explorada sexualmente há algum tempo, já que a mãe não trabalha e acompanha a filha em diversas viagens. Ela, inclusive, ensina a filha a se portar com seus clientes” revelou Felipe Santoro.
Os oficiais foram acionados através de uma denúncia anônima, e assim que chegaram no hotel pegaram Jason e a jovem no ato dentro do quarto dele. A dupla foi filmada pelas câmeras do hotel se agarrando dentro de um elevador e nos corredores do local. Os seguranças do hotel acharam estranho um jovem se envolvendo com uma pessoa de aparência bem mais velha.
Jason Roy Hutchinson chegou a revelar em seu depoimento que mora em Hermosa Beach, localizado na Califórnia, e tinha planos de vir ao país com sua mulher, entretanto o fato dela ser médica atrapalhou os planos do casal.
Jason revelou que ficou sim com a adolescente entretanto ressaltou que não tinha ciência da idade dela. O suspeito está preso e a mãe da jovem também irá responder por favorecimento da prostituição.

+  Multidão de religiosos avista casal fazendo ‘’amor’’ e aplaudem a cena


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário