Avó da jovem grávida morta em tiroteio no RJ viu tudo de perto: ‘Me joguei pra proteger ela’

Uma jovem gestante levou um tiro, quando estava na porta da casa de sua avó, na comunidade Lins Vasconcelos, no Rio de Janeiro, Kathlen de Oliveira Romeu, gestante de 14 semanas, mal sabia que estava bem entre a troca de tiros entre traficantes e policiais na favela, ela foi socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

+  Mecânico "pega Porsche emprestado" e sofre atentado no RJ; "2 homens armados"

Contudo os policiais informaram a justiça que o tiro que atingiu a jovem, veio da arma de traficantes da região, eles relataram que foram recebidos com tiros pelos traficantes, ao ingressar na favela, então começou ali um tiroteio entre os policiais e criminosos da comunidade.

A vó da meninas disse que ficou em choque sem saber oque fazer, quando viu sua neta caída com um tiro no braço, a jovem tinha 24 anos, e trabalhava como vendedora e adora cozinhar e dar dicas na internet, a jovem esperava ansiosa o filho a quatro meses.

+  Homem viaja mais de 2.000km para surpreender a namorada, mas encontra ela com outro


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário