Caderno de Marília mendonça é encontrado em meio aos destroços do avião; o que tinha escrito é comovente

Como é de conhecimento dos brasileiros, a cantora sertaneja Marília Mendonça faleceu nesta última sexta-feira (5), vítima de um acidente aéreo na cidade que iria realizar um show, em Piedade de Caratinga (MG).


Após a tragédia, os pertences dos passageiros que morreram no acidente foram retirados do avião no último sábado (6). Além do violão de Marília Mendonça, foi encontrado, também, um caderno onde a artista possuía o costume de anotar possíveis ideias para suas novas composições.

De acordo com as informações concedidas pelo advogado de Marília Mendonça, Luiz Maurício, para o jornal “O Tempo”, o objeto, agora, deverá ser entregue à família da cantora. “É muito cedo, ainda. Vai ter que ser muito bem avaliado”, informou ele, referindo-se a possibilidade das letras serem, no futuro, gravadas na voz de outros artistas.

+  No Hora do Faro, Victor Pecoraro dispara contra Bill Araújo e choca com revelação

Polícia encontra cabo em hélice do avião

A Polícia Civil de Minas Gerais encontrou, nas hélices da aeronave que ceifou a vida de Marília Mendonça e outras quatro pessoas, um cabo enrolado.

Segundo as informações do advogado Ivan Sales, neste momento, não é possível dizer se esse é o cabo de transmissão de energia elétrica no qual o avião havia colidido, podendo afirmar apenas após o laudo da perícia.

+  Fabíola Gadelha conta segredo que lhe ajudou a perder 35kg

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) havia informado nesta sexta-feira (5) que a aeronave de Marília Mendonça, de fato, havia atingido uma torre de distribuição elétrica antes de cair nas proximidades de uma cachoeira em Caratinga (MG). A colisão fez com que o total de 33 mil pessoas ficassem sem energia elétrica no dia.

+  'Não me importo com sangue', Leonardo escandaliza, expõe Poliana e fala de sexo na menstruação

Agora, os motores do avião foram removidos e, após, encaminhados para o Rio de Janeiro, onde deverá ser realizado uma análise pelas equipes do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos). Até o momento desta publicação, ainda não há prazo a respeito da conclusão do procedimento.

Além de Marília Mendonça, morreram, também, o assessor Abiceli Silveira Dias Filho, o produtor Henrique Bonfim Ribeiro, o copiloto Tarciso Pessoa Viana, e o piloto da aeronave, Geraldo Martins de Medeiros.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário