Hilário: Fátima Bernardes abre o jogo e decide expor segredo bombástico sobre os bastidores do Jornal Nacional

Nesta quarta-feira (24), a apresentadora do programa “Encontro”, da Rede Globo, Fátima Bernardes, surpreendeu milhares de telespectadores ao soltar uma revelação bastante inusitada a respeito da época que trabalhava como âncora do Jornal Nacional. Fátima revelou que, em determinada época, apresentou o telejornal com uma roupa meio despojada. Isso mesmo, a famosa assumiu que já realizou a apresentação do programa de maneira imprópria.


A revelação em questão veio à tona após um questionamento realizado pela jornalista Tati Machado. Na ocasião, Tati havia indagado Fátima sobre a maneira que Marcos Mion realiza a apresentação do Caldeirão, usando um chinelão, tema que acabou ganhando enorme destaque nas redes sociais.

+  Projota dá as caras como vilão no BBB21, acusa confinados e dispara contra brothers: 'É uma injustiça muito grande'

“Agora quero saber de Fátima Bernardes, um Jornal Nacional, na bancada, uma coisa séria. Toda arrumada pra cima, cabelos diferentes, look lindo e chinelo embaixo. Já aconteceu?”, indagou a repórter.

Mostrando que não possui nenhum acanhamento para comentar sobre o fato, Fátima Bernardes decidiu ir direto ao ponto: “Já apresentei [de chinelo]. Porque não aparecia, os pés ficavam embaixo da bancada, então às vezes eu estava com uma saia dessas longuetes que eu gosto de usar com rasteirinha e ficava de rasteirinha”, assumiu a jornalista, que dividiu a bancada do Jornal Nacional com o ex-marido, William Bonner.

+  filho de zezé confirma erro escandaloso do pai com zilu e diz que 'ela tem que processar mesmo'

Retorno

Fátima Bernardes voltou ao comando do programa “Encontro” nesta segunda-feira (22). Na ocasião, a famosa aproveitou o retorno às telinhas para confessar, ao vivo, que sua recuperação tem sido algo bastante desafiador. Segundo as informações concedidas pela apresentadora, a perspectiva que tinha de sua recuperação era de ser bem mais rápida, contudo, seus planos não são os mesmos que os planos de Deus, confessou ela.

+  Michelle Bolsonaro trabalhava se fantasiando em supermercado e foto antiga vem à tona

“É complicado, foram seis semanas. Eu achava que não tinha a menor chance de acontecer, que eu ia tirar antes. Eu ouvi as pessoas falando que seis semanas não está bom? Com quatro semanas você não pode mexer, é gelo e tipoia. Amanhã faz duas semanas que comecei os movimentos”, desabafou.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário