Ladrão rouba escola, se arrepende e deixa bilhete: ‘’senhor Jesus, perdão’’

Um ladrão se mostrou arrependido do crime de furto que cometeu à Escola Estadual José Barbosa de Almeida, no Morro Grande, na Zona Norte de São Paulo.
Ele deixou um bilhete para direção da escola escrito a mão com um pedido de desculpa. Na carta o homem tentou justificar o furto, pois segundo o mesmo, estaria passando necessidade.
“Me desculpem mesmo, de coração, por fazer isso, não tive escolha, [foi] precisão [necessidade]”, diz trecho do recado. Ele assina como “desesperado”. Escreveu ele em uma folha de caderno.

O roubo só foi notado na segunda-feira quando os funcionários notaram o bilhete no local. Em um outro trecho do texto ele diz “misericórdia” e “perdão” ao “senhor Jesus” pelo crime.
Foram furtados coisas como três televisores, um computador e utensílios de cozinha e panelas. A escola é uma rede que atende estudantes do 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental.
A escola optou por registrar o boletim de ocorrência, agora ele pode responder por furto qualificado, segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP).
A secretaria de educação postou uma nota sobre o caso “além da escola possuir parceria com a Ronda Escolar, o Gabinete Integrado de Segurança e Proteção Escolar (Gispec), que conta com servidores da Educação e da Polícia Militar, contribui para o planejamento das estratégias de segurança em toda a rede”.

O valor do prejuízo da escola com o furto não foi divulgado, apenas disseram que está sendo reposto os bens perdidos.
O autor do crime ainda está sendo investigado pela polícia, espera-se achar câmeras de segurança para ajudar na localização.
‘O trabalho integrado entre as duas polícias possibilitou a queda de 10% nos casos de furtos, na área do 45º DP, de janeiro a novembro do ano passado. No mesmo período foram presos 150 suspeitos e recuperados 72 veículos com queixa de roubo ou furto.’

+  Homem morto pela Covid-19 tem corpo removido pela janela de apartamento


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário