Mãe pendura filha de apenas 3 anos na sacada do prédio porque ela estava chorando e o que acontece te fará chorar

Após pendurar sua filha de apenas três anos de idade na sacada de um prédio pelo fato da menina estar chorando, uma mãe foi presa acusada de homicídio culposo, quando há intenção de matar. A mulher havia deixado a criança na sacada do prédio no sexto andar, com a menina correndo o risco de despencar acidentalmente.


De acordo com as informações, o motivo pro trás de tais atitudes se deve pelo fato da criança estar chorando demais. Através de uma gravação, é possível ver o desespero da criança no momento que era sacudida pela mãe. No vídeo, é possível, ainda, ouvir ela dizer: “Mamãe, estou com medo”. Após a menina ainda diz: “Estou com medo, com medo”;

+  Macabro: Criminoso matou e decepou vítima para beber seu sangue em ritual e detalhes chocam a população

Infelizmente, minutos depois, a criança acaba despencando de uma altura total de 18 metros. O vídeo ainda mostra o vulto e a velocidade que a menina cai ao chão.

Após a queda, a mulher desce até o local, recolhendo a criança e levando novamente para o seu apartamento. A mãe é identificada pelo nome de Anna Ruzankina, possuindo 23 anos de idade e sendo residente da Rússia. As câmeras de segurança ainda flagram o momento da menina já sem vida nos braços da mulher, que estava voltando para o seu apartamento. Anna ainda sacode sua filha com o objetivo de reanimá-la, não obtendo sucesso.

+  Noivo exibe traição de sua futura esposa durante seu casamento; vídeo é exposto na festa e deixa todos chocados

Segundo as informações do inquérito policial, a mulher havia pendurado a criança na varanda, segurando sua camiseta e deixando a garota cair de forma “acidental’. A camisa havia rasgado, com a menina despencando do andar. As autoridades ainda informaram que a mulher havia acabado de chegar na residência após sair de um boate, estando bêbada e se irritando com o choro da filha.

+  Jovem descobre que estava sendo traída pelo namorado após rapaz mandar uma foto e ela reparar em detalhe no óculos escuro

Um cidadão que passava pela rua ainda informou ter ouvido  “gritos altos de uma criança vindo de um andar superior”. “E, de repente, um som surdo de queda. E os gritos pararam. Quando me virei, vi uma menina coberta de sangue deitada no asfalto. Corri para ligar para o serviço de emergência. Fiquei tão chocado. Os vizinhos disseram que a mãe alegou que a criança escalou a varanda sozinha. Eu disse a ela que ela iria cair, ela foi ouvida dizendo”, informou.



PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário