Morre bebê de 1 ano soterrado em desabamento no RJ e família fica desolada: ‘Que dor, Senhor’

Recentemente mais uma tragédia acabou acontecendo e causando a morte de um bebê que tinha apenas 1 aninho de idade. O caso aconteceu na última quarta-feira(09), na cidade de São Gonçalo, no Rio de Janeiro.
Devido ao forte temporal que aconteceu no Morro do Feijão, a população que vive na região foi assolada pela força da natureza e uma casa do bairro desabafou, fazendo mais uma vítima neste ano de 2020, que está repleto de tristeza.
Veja a foto do local:

De acordo com informações que foi divulgada pelo Corpo de Bombeiros, os militares foram chamados por volta de 00h00, depois de receberem um pedido de socorro feito por moradores da região. O trabalho dos profissionais foi concluido por volta das 05h30 desta quinta-feira(10).Ainda segundo informações passadas pelos bombeiros, foi dito que no momento que houve o desabamento na casa, 4 pessoas estavam no local e o único que infelizmente não sobreviveu foi um garotinho de apenas 1 ano e 10 meses de idade.
A secretária de Desenvolvimento Social também foi acionada para prestar apoio à família que está desolada pela perda da criança. Já o corpo do bebê foi levado ao IML de Tribobó, que fica no Rio de Janeiro.

A defesa Civil emitiu uma nota de pronunciamento, dizendo que a casa que houve o desabafamento foi interditada, já que ainda existe riscos de haver novos desabamentos.
COMOÇÃO
O caso foi parar nas redes sociais e viralizou em cerca de poucos minutos. Milhares de internautas lamentaram a perda da família e enviaram mensagens de apoio para consola-los.“O céu é teu, em breve estaremos todos juntos! Descanse em paz! Nós te amamos”, escreveu uma prima do bebê.
“Vai em paz meu eterno. O meu pequeno. Que dor senhor, meu eterno anjinho”, lamentou uma amiga da família.
Compartilhe este artigo com seus amigos e familiares em suas redes sociais!

+  Após cirurgia de Fátima, Túlio Gadêlha é convocado as pressas ao hospital, recebe notícia sobre namora e comove; "Mais uma luta"


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário