Polícia divulga quantos anos de prisão o ‘serial killer’ vai pegar, caso seja preso

Muito antes de matar a família Vidal, na madrugada de quarta-feira (9/6), Lázaro Barbosa de Sousa, de 32 anos já acumulava uma extensa ficha criminal. No Distrito Federal ele cometeu quatro roubos em chácaras, o primeiro em 17 de maio; os quatro assassinatos no Incra 9; e um roubo seguido de estupro, em 26 de abril.

+  Lembra do caso Eloa? A forma vivem os sobreviventes, 13 anos após o crime é partir o coração

Raphael Seixas, delegado-chefe da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O) está no comando da linha de frente das investigações e disse que “Pode ser que surjam outros delitos”, “O registro ocorreu aqui na 24ª, mas, depois de a foto do suspeito ser divulgada pela imprensa, uma vítima reconheceu, veio à delegacia para avisar, e a investigação foi transferida”, detalha.

+  Vídeo: Impressionante, pipa ergue menino e cai de altura de 9 metros

A chefe da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam 2), Adriana Romana investiga um roubo seguidor de estrupo cometido por Lázaro a uma mulher gravida. “Temos provas objetivas de que ele é o autor. Quando cometeu o crime, não sabíamos, mas a confirmação veio na semana passada, por meio de identificação civil com impressões digitais”, explica.

+  Noivo exibe traição de sua futura esposa durante seu casamento; vídeo é exposto na festa e deixa todos chocados


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário