Professor é preso acusado de abusar de suas alunas incluindo sua filha de 10 anos

Crimes de abusos contra crianças vem assustando cada vez mais a sociedade. Quando esse crime parte de um professor, que é o profissional que tem contato direto com crianças e adolescentes, o fato fica ainda mais preocupante porque não se sabe a quantidade de vítimas desse abusador.
Esse é mais um dos casos que causou muita revolta na população. Isso porque um professor de geografia do Paraná foi acusado de molestar suas alunas e até mesmo a própria filha, de apenas 10 anos. A população local ficou bastante chocada e a notícia do suposto abusador tornou-se um dos assuntos mais comentados na área.
Quem denunciou o crime foi a própria mãe da menina. Só para ressaltar, já foram registrados três boletins de ocorrência contra o abusador.
Segundo informações, a mãe da garotinha conheceu o acusado quando ainda tinha 13 anos. Naquela época, a jovem não queria ter relações sexuais com ele porque ainda era virgem. Após a investidas do mesmo, afirmando que os dois tinham quase a mesma idade, ela acabou cedendo e engravidando, no entanto, não foi oficializado o casamento entre eles.
A mãe da menina cedeu algumas informações, porém não quis ser identificada. Ela disse que a filha de 10 anos fazia visitas frequentes ao pai, mas devido esse período de pandemia de coronavírus ela o visitava menos. No entanto, toda vez que a garota ia ver ele, a criança retornava para casa com um comportamento estranho.
Segundo relatos da criança abusada, ele começava a alisar o corpo dela passando a mão pela sua perna, barriga e seios. Ainda segunda a filha do abusador, ele chegou a levá-la até a casa de uma aluna. No local, a estudante e o suposto pedófilo ficaram trancados em um quarto “por um bom tempo”, de acordo com a filha. “Ele saiu suado e a menina foi tomar banho”, completou.

+  Lembra do caso Eloa? A forma vivem os sobreviventes, 13 anos após o crime é partir o coração


PRÓXIMO ARTIGO →

Deixe um comentário